sábado, abril 16, 2011

isto sim é solidão

Uma Acácia ganhou o titulo de árvore mais isolada do mundo, encontrava-se, e escrevo no passado porque infelizmente já não existe, culpa lá está de um Homem, neste caso bêbedo e a conduzir que foi contra esta pobre árvore. Como estava a dizer encontrava-se no meio do deserto do Sahara, e era a única árvore num raio de mais de 200km, ficou conhecida como Árvore do Ténéré, e agora os seus restos mortais encontram-se num Museu, e no local onde estava foi construída uma escultura de metal.

PS: Isto é apenas uma curiosidade que encontrei por acaso na Wikipédia e achei interessante partilhar, está aqui o Link do Artigo na Wikipédia.

18 comentários:

  1. é verdade --' tanto sitio por onde andar tinha logo que bater na árvore :S

    ResponderEliminar
  2. Mas que grande bebedeira, ir contra a única árvore num raio de 200 km. Era português?

    ResponderEliminar
  3. Também eu x)
    Mas gosto do período anterior à ressaca, sem dúvida

    ResponderEliminar
  4. Já tinha que ser... típico do ser humano, estragar tudo por onde passa :/

    ResponderEliminar
  5. é verdade, o Homem só vai descansar quando destruir aquilo que lhe deu vida, a Natureza :S

    ResponderEliminar
  6. O homem destrói o pouco de vida que existe em redor. Outro homem é incapaz de lhe dar vida e edifica a escultura da vida destruída. Paradigmático do nosso destino? Um mundo deserto onde a vida dá lugar a estátuas?

    Não tenho visão catastrofista dos destinos da Humanidade (pelo contrário) mas que dá que pensar, isso dá...

    Bom post, mexe connosco

    ResponderEliminar
  7. Realmente tal não foi a bebedeira que foi marrar com a única árvore em 200 quilómetros... É preciso pontaria

    ResponderEliminar
  8. Rogério Pereira: eu sou pessimista no que toca relação Homem-Natureza, acho que o Homem vai dar cabe da Natureza, no ano 3000 já não estamos cá, mas aquilo que conhecemos agora já não deve existir, e quem saberá talvez a nossa espécie também deixe de existir.

    Sérgio Pontes: muita pontaria mesmo, o Homem tem destas coisas :S

    ResponderEliminar
  9. Obrigada a partilha Fabio.
    Interessante esta fotografia e o que nos conta.
    Penso que razão foi que o homem em lugar de uma viu uma floresta, e resolveu abrir caminho por entre elas.
    Como "ao menino e ao borracho põe Deus a mão por baixo..." não deve ter sofrido nada.
    O pior é quando são seres humanos e... e aí só a dor dos que ficam recordam o caso.
    Obrigada Fabio, e boas fotografias.
    M. N. P. A.

    ResponderEliminar
  10. Parece o cúmulo do azar, no meio do deserto ir contra a única árvore que lá estava...

    ResponderEliminar
  11. M. N. P. A.: sim como ia bêbado se calhar viu aquela árvore multiplicada por várias.

    Redonda: dava mesmo um bela cumulo esta história. só o Homem para fazer coisas assim.

    ResponderEliminar
  12. Um verdadeiro monumento... do passado!

    ResponderEliminar

Obrigado pela visita, e espero que possas voltar numa próxima oportunidade, nem que seja para veres a resposta ao teu comentário :D abraços e beijos

Thanks for visiting and I hope you can come back at the next opportunity, if only to see the answer to your comment :D hugs and kisses