quinta-feira, novembro 24, 2011

STOP

Não estou em Portugal mas pelas noticias que já li o país parece estar mesmo parado, não sou contra as pessoas que fazem greves, e acho que já falei disto noutros posts, mas fazer greves numa situação em que o país está só piora as coisas. Quem quer trabalhar em dias de greves acaba por se ver forçado a ficar em casa também ou a chegar algumas horas atrasado ao trabalho, o que vai prejudicar a produção da fabrica, caso seja trabalhador fabril. O que Portugal precisa agora é de produzir, andar para a frente, um dia de greve dá muitos milhões de euros em prejuízos não só para o Estado Português (e relembro que o Estado somos todos nós, todos fazemos parte dele), mas também para as empresas privadas. E uma greve geral à quinta feira dá asas para que metam um dia de férias na sexta para ficarem logo com mais um fim de semana prolongado, e lá ficamos todos nós (o Estado) sem mais uns meros milhões de euros.
Mas o dia de hoje é marcado também pela descida de rating de Portugal pela Fitch para a categoria de LIXO, já tínhamos sido avisados de possíveis descidas e acho que era inevitável, esta crise está nas mãos das agências de rating e são elas que decidem as cartas a lançar, e o jogo delas parece que é deitar abaixo as economias europeias. Não é que as economias europeias estivessem tão mal no inicio da crise, mas toda esta especulação que têm vivido só as prejudica, e estão cada vez mais a afundar se.
Ontem a Alemanha que tanto se queixa dos PIGS e que tanto quer mandar numa Europa que não lhe pertence, sentiu já na pele aquilo porque muitos países europeus estão a passar, não conseguiu vender todos os seus títulos do tesouro. Parece que a senhora Merkel vai ter que começar a ter mais cuidado com o que anda a dizer, não vá ter que engolir palavra por palavra num futuro próximo.
Com Portugal parado, o défice a aumentar, a Fitch a cortar, não sei onde isto vai parar, só espero não virar grego!

8 comentários:

  1. Meu caro
    Parece bem informado:
    - O Orçamento vai ser aprovado
    legitimando, por inconstitucionalidades várias, o caminho do empobrecimento
    - As agências de Rating dizem que não chega e classificam-nos como lixo
    - A Alemanha sente-se pela primeira vez na berlinda e passará a ser um destino remoto para as nossas exportações.

    SE ISTO NÃO MUDA,SE AFUNDA

    Um dia de greve corresponde para quem a faz a perda de um dia de salário. O trabalhador paga para marcar uma posição e exigir mudança. Para as empresas e Estado é um custo de um dia feriado, mais reduzido porque não paga salário.

    Se não há protesto, mais vale a pena que não volte... Por este andar, são muitos a ir e a não voltar.

    Julgava-o um pouco mais claravidente...

    ResponderEliminar
  2. o trabalhador seja função publica ou privada não recebe realmente salário, mas o empregador também não tem lucros nesse dia, e é de lucro/dinheiro que o país precisa.

    Mas segundo uma noticia que li ontem os trabalhadores da CP que hoje fazem greve e que são os que mais se costumam queixar e fazem parte da empresa publica com mais dividas, vão receber dinheiro do sindicato deles por terem feito greve, não perdendo assim o valor que a CP não lhe pagaria pelo dia de hoje. acha isto justo?

    Eu sou a favor de protestos, mas acho que greves não são o melhor protesto nesta altura, são os portugueses e o Estado que ficam com menos dinheiro no final do mês. Mas cada um sabe das suas necessidades, eu iria trabalhar porque o dinheiro de certeza que me iria fazer falta, mas se fizessem outra forma de protesto, como uma manifestação participaria caso me achasse descontente com a situação do país!

    eu só espero sinceramente que não comecem a fazer greves gerais todos os meses como na Grécia, não gostava de ver o meu país naquela situação, sem dinheiro porque aquele povo mais parece que não quer é trabalhar.

    E eu vou voltar à minha Pátria, porque acima de tudo amo o meu país, e custa me ver a forma que é tratado por agências de rating e senhoras que pensam ser donas da Europa!

    ResponderEliminar
  3. Haha, "Só espero não virar grego" foi ótimo, amigo. Que bom que está curtindo uma viagem, queria muito poder fazer o mesmo.

    -> Estive sumido por um tempo, mas foi por causa da faculdade. Agora já retomei o meu tempo e voltarei a aparecer por aqui. Grande abraço.

    *DB*

    ResponderEliminar
  4. Obrigado pelo comentário, volta sempre abraço!!

    ResponderEliminar
  5. Concordo contigo. Nesta fase não se consegue nada com a greve, pelo contrário, só se piora a situação do país.

    ResponderEliminar
  6. alguém que me perceba!!! O país só anda para a frente com mais trabalho, não é com protestos!!!

    ResponderEliminar
  7. .

    .

    . venho por este meio deixar o convite para que visite amanhã . dia 29 de novembro de 2011 . o meu blogue . intemporal .

    .

    . devido a uma celebração . para mim . muito especial .

    .

    . passarei posteriormente . para visitar/comentar a Sua página . como habitual .

    .

    . um abraço .

    .

    . paulo .

    .

    .

    ResponderEliminar

Obrigado pela visita, e espero que possas voltar numa próxima oportunidade, nem que seja para veres a resposta ao teu comentário :D abraços e beijos

Thanks for visiting and I hope you can come back at the next opportunity, if only to see the answer to your comment :D hugs and kisses